A escolha é minha!

Teria sido bom se Deus permitisse que a gente fizesse um pedido de vida do mesmo jeito que a gente faz o pedido de uma refeição. Eu escolheria boa saúde e alto QI. Não faço questão de talentos musicais, mas dê-me um metabolismo alto! Teria sido bom – mas não aconteceu. Quando se tratou da minha vida na Terra, eu não pude opinar nem votar.
Mas quando se trata de vida após a morte, eu posso. Na minha opinião, acho que é um bom negócio. Você concorda? Recebemos algum privilégio maior do que o da escolha? Eu já fiz algumas más escolhas na vida, não foi? Quem me conhece e convive sabe. Eu escolhi os amigos errados, talvez a carreira errada; até mesmo o namorado errado.
Eu sempre estou olhando pra trás e falando mentalmente, “Se… se eu pudesse só voltar atrás naquelas escolhas erradas…” Mas eu posso. Só preciso de forças pra me desvencilhar de pessoas que me deixam míope e enxergar além. 
Uma boa escolha para a eternidade compensa mil escolhas erradas na Terra.
A escolha é minha. 

Postagens mais visitadas deste blog

Encontro com Deus

Sobre Recuar

Uma dor que dilacera a alma Endometriose.