Nada está perdido, eu creio!

Eu estava procurando motivos para te afastar mais ainda de mim.
Na verdade um motivo verdadeiro, meu medo de confiar em Deus estava fazendo isso conosco. A distância entre nós já machuca, a saudade já perturba, e a insegurança alfineta profundamente. Criando dúvidas inexistentes, fatos distorcidos, incertezas e medo, muito medo. 

Procurei uns tantos outros motivos para te afastar de mim, motivos que muitas vezes nem foram criados pela minha fértil imaginação. Coisa fora do normal como a ligação entre nós que não existe e um breve espaço de tempo perto sempre interrompido, a internet que não permite a gente se comunicar, o vizinho que foi ex, ou aquela conversa que eu tive com minha amiga que me fez ter dúvidas sobre você. Por todos estes e muitos outros que ficam escondidos na entrelinhas... Eu quis te afastar de mim. Mas, o maior de todos foi o medo de confiar que tudo ia ficar bem... Medo de nada, medo do medo, medo!

Tão intenso, tão cortante, tão desnecessário... Resolvida a dar um tempo no medo, lavei meu rosto bem de madrugada em quanto pensava em você, me olhei no espelho e deixei-o cair ralo a dentro.... Sem me preocupar para onde ele iria, ou como viveria sem alimentar algo que alimento desde que te conheci. 

Estou analisando tudo que você é para a mim. Por hora não tenho conclusão formado para todo os parâmetros da analise mas, em um aspecto percebo que 50% de mim é você e, os outros 50% sou eu esperando para te rever.

... Deus em primeiro lugar. Mas, eu desviei o caminho, me deixei atrapalhar. E agora percebo que Deus não ta me deixando desistir pois, todos os caminhos tem me levado até você.

Nada está perdido, eu creio.  

Postagens mais visitadas deste blog

Encontro com Deus

Sobre Recuar

Uma dor que dilacera a alma Endometriose.